Núcleo de Gestalt Terapia Integrada
 

Informações Gerais sobre Psicoterapia

Por Alina Purvinis (CRP: 06/1828-1)

1) O que é psicoterapia?
• É um tratamento psicológico, geralmente realizado por um psicólogo.
• Não envolve o uso de medicação.
• Os elementos mais importantes são a fala do cliente e a escuta do terapeuta.
• Visa ampliar a auto-compreensão e a auto-conscientização, e através dessa ampliação, melhorar a qualidade de vida da pessoa.

2) Toda psicoterapia segue um mesmo modelo?
• Não. Pode ser feita utilizando-se diferentes abordagens (por exemplo: psicanalítica, junguiana, comportamental, centrada na pessoa, psicodrama, bioenergética, GESTALT-TERAPIA). Cada uma das abordagens utiliza um método diferente.
• Lembre-se: Cada terapeuta tem o seu método de trabalho, sua personalidade, seu estilo.
• Se você já teve uma experiência com psicoterapia e por algum motivo ela não foi boa, não generalize. Pode ser que você não tenha se adaptado ao método, não tenha ocorrido a empatia com o terapeuta, ou até mesmo talvez você não estivesse tão motivado ou não estivesse no momento propício para iniciar uma terapia.

3) Quem pode se beneficiar de um tratamento psicoterápico?
• Basicamente, todas as pessoas, desde que haja um desejo de mudança, uma motivação.
• É um preconceito acreditar que a psicoterapia é para pessoas “loucas” ou que apresentam sintomas muito graves. Todos têm conflitos, dificuldades, bloqueios, inibições, ansiedades, e podem obter benefícios com a terapia.
• Pode ser indicado tanto para pessoas adultas, quanto para crianças e adolescentes (no caso desses clientes, a família também será orientada).
• Pode ser realizada individualmente ou em grupo. Existem também os formatos de terapia de casal e terapia de família.
• Os motivos mais freqüentes que levam uma pessoa a buscar psicoterapia são:
depressão, ansiedade, angústia, ataques de pânico, fobias, compulsões (por álcool, drogas, comida, jogo, sexo, compras etc.) – dificuldade para lidar com a raiva, temperamento explosivo – dificuldades de relacionamento social, familiar, amoroso, sexual – dificuldade para tomar decisões – transições de vida (adolescência para a vida adulta, divórcio, menopausa, aposentadoria etc.) – sensação de estar perdido, sem rumo, falta de um sentido para a vida – falta de auto-estima e auto-valorização – sintomas psicossomáticos (dores tensionais, gastrite, problemas de pele etc.) – nível elevado de “stress”, ocasionado por situações traumáticas ou pelo cotidiano.

4) Qual a duração e o custo de uma psicoterapia?
• A primeira entrevista é de fundamental importância, pois é o momento em que o cliente irá conhecer o terapeuta e vice-versa. É preciso que haja empatia (sensação positiva de ser compreendido e aceito) entre o terapeuta e o cliente.
• Alguns terapeutas cobram por esta primeira entrevista e outros, não. Ao agendar a entrevista, pergunte qual é o procedimento do profissional em relação a isso.
• O contrato é feito verbalmente entre o terapeuta e o cliente, geralmente ao final da primeira entrevista. Neste, serão definidos: horário e frequência das sessões (o mais comum é uma hora por semana, sempre no mesmo dia e no mesmo horário), pagamento por faltas, condições para reposição de faltas, férias, pagamento das sessões, contatos telefônicos, sigilo.
• A duração do tratamento depende de vários fatores, tais como: abordagem utilizada pelo terapeuta, problemática do cliente, recursos e limitações do cliente, motivação do cliente, expectativa do cliente em relação à terapia etc. Portanto, é bastante variável (desde alguns meses até vários anos).
• O único caso em que a duração do tratamento é pré-estabelecida é a terapia breve (em geral, de 10 a 12 sessões). Porém nem todos os terapeutas trabalham com a terapia breve e nem todos os clientes se adaptam a esse formato.
• O término do tratamento em geral é decidido de comum acordo entre o terapeuta e o cliente, após uma avaliação conjunta do processo.
• Quanto ao custo do tratamento: existem grandes variações no valor das sessões, dependendo do tempo de experiência profissional do terapeuta, da sua formação, mas também da sua filosofia de trabalho. Uma grande parte dos profissionais está disposta a oferecer uma margem de negociação quanto ao preço, levando em consideração as condições e as necessidades tanto do terapeuta quanto do cliente.

SE VOCÊ TIVER OUTRAS DÚVIDAS SOBRE PSICOTERAPIA EM GERAL OU SOBRE A GESTALT-TERAPIA ESPECIFICAMENTE, ENVIE SUA PERGUNTA PARA O NOSSO SITE E ESCLARECEREMOS NA MEDIDA DO POSSÍVEL
 
 
Voltar
 
Página Principal

© 2007-2017 Núcleo de Gestalt Terapia Integrada - Todos os Direitos Reservados - Fone: (19) 3251-1200

Desenvolvido por Otavio Vicentini - Clube do WebMaster